Cultura

Estudantinas Universitária e Feminina de Coimbra premiadas

Estudantina Universitária de Coimbra acumula três prémios este fim de semana em Castelo Branco, enquanto a Estudantina Feminina de Coimbra arrecada dois no XXI Canto da Sereia. Por Diogo Reigota e Rafael Velho

A Estudantina Universitária de Coimbra participou no 8º Festival Internacional de Tunas em Castelo Branco. A competição realizou-se dia 7 de novembro, na Noite das Serenatas, na Igreja de Santa Maria do Castelo, tendo a Estudantina Universitária de Coimbra arrecadado o prémio de Melhor Serenata, Segunda Melhor Tuna e a nível individual, Pedro Ventura ganhou o prémio de Melhor Solista.

Nesta edição, a cidade de Castelo Branco recebeu para além da Estudantina Universitária de Coimbra, a Tuna de Engenharia da Universidade do Minho (Afonsina), a Tuna de Tecnologias da Saúde do Porto (Tuna TS) e a Tuna Académica da Universidade de Évora. Estas tunas participaram na competição, enquanto a Real Tuna Académica da Escola Superior de Saúde Dr. Lopes dias participou extra competição.

Já a Estudantina Feminina de Coimbra participou, a convite das Mondeguinas – Tuna Feminina da Universidade de Coimbra, no XXI Canto da Sereia no Conservatório de Música em Coimbra, onde ganharam o prémio de melhor atuação e de melhor instrumental. Os prémios “são sempre bastante gratificantes e dão-nos vontade de continuar a trabalhar e de fazer cada vez melhor”, refere Joana Costa, um dos elementos da Estudantina.

O evento também contou com a Tuna de Medicina do Porto, com a Sal & Tuna, e também, com a Tuna Feminina da Universidade Católica.

Estudantina Feminina de Coimbra em digressão nos Açores

A Estudantina Feminina de Coimbra, viu também reconhecido o seu trabalho ao ser convidada para o 11º Festival Insula. O evento que se realiza anualmente e que vai contar com as Tunas femininas da Universidade dos Açores foi organizado pela tuna “Com Elas” da mesma universidade. A Estudantina Feminina de Coimbra parte para os Açores dia 27 de novembro e voltará dia 1 de dezembro. Atua uma única vez no dia 29 de novembro e as expectativas para o evento são altas: “é a primeira vez que vamos aos Açores e é apenas a nossa segunda viagem”, volta a referir Joana Costa.

Durante este mês decorre ainda a iniciativa “Lanche com a Tina” que tem como objetivo suportar os custos da viagem ao arquipélago e que consiste na venda de fatias de bolo a cinquenta cêntimos. Esta atividade “está a correr bastante bem até agora, visto que a maioria das fatias têm sido compradas, diariamente”, conclui Joana Costa.

catarina-carvalho-estudantina-8

Foto: Arquivo – Catarina Carvalho

Discussão

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: