Eleições AAC - 24 e 25 Nov 2014, Ensino Superior

“Uma postura reivindicativa muito forte” é o mote para a recandidatura de Bruno Matias

Num auditório com poucas cadeiras vazias, Bruno Matias, o atual presidente da Direcção Geral da Associação Académica de Coimbra (DG/AAC), oficializou a sua corrida às eleições para o cargo de que é detentor. As principais bandeiras apresentadas são “a continuação da reorganização administrativa” e as “saídas profissionais”. Por Sandro Raimundo e Paulo Sérgio Santos

As principais preocupações do projeto “Tu és Académica” para o próximo ano são “a reorganização administrativa da AAC, a ligação ao mercado de trabalho e a aproximação dos estudantes às secções”, garantiu o cabeça de lista Bruno Matias na apresentação do seu projeto ontem, 13, no Auditório da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra (UC). O atual presidente lembra ainda que alguns dos projetos apresentados são de continuidade em relação ao mandato anterior, pois este “foi encurtado injustamente em quatro meses” o que não permitiu “realizar todos os projetos idealizados a tempo”.

Em questões de cariz social, o candidato diz que “a AAC tem uma palavra a dizer“ e que irá continuar a “reivindicar junto do Governo para rever o Regulamento de Atribuição de Bolsas e torná-lo mais justo e eficaz”. Como explica o atual presidente da DG/AAC, também está nos objetivos da lista o combate ao desemprego através da criação um “Conselho Académico” para orientar os estudantes nas saídas profissionais e “desenvolver mecanismos de emprego”. Bruno Matias apresenta como exemplos “o acompanhamento na transferência para o mercado de trabalho, a criação de bolsas de emprego, estágios profissionais curriculares e estágios de verão”.

“Queremos aproximar as secções e os estudantes”, afirma Bruno Matias que projeta a realização de “semanas abertas” para convidar os estudantes a “visitar e participar” nas atividades que a Associação Académica oferece. Em declarações ao Jornal A Cabra, o candidato diz que os estudantes “conhecem mal o edifício da AAC” e a semana aberta “irá fazer com que possam saber quem trabalha nas secções do edifício”. “É também uma boa forma de os estudantes se começarem a integrar”, declara.

No que diz respeito ao Desporto Universitário, o presidente assegura que dará “especial atenção” a este pelouro e afirma que “a Reitoria [da UC]  e a Câmara Municipal [de Coimbra] têm o dever de apoiar a DG/AAC na sua organização”. Também inerente ao desporto, bem como à cultura, o cabeça de lista propõem a criação de “um controlo financeiro interno mais eficiente” para poder “evitar a tempo os cataclismos financeiros que algumas estruturas [da AAC] criaram”.

Bruno Matias assume ainda que já existe “um plano elaborado e pronto para entrar em ação” que visa a concretização das “obras na sala de estudo da AAC dado que este é um local bastante procurado por todos os estudantes da UC”, declara.

IMG_9567

Foto: Sandro Raimundo

Discussão

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: