Ensino Superior

Acusações marcam apresentação de candidatura na FLUC

João Gabriel Silva esteve hoje na FLUC para apresentar o seu programa de candidatura a Reitor da UC. A sessão ficou marcada pelas denúncias do docente Carlos Reis, referentes ao roubo de livros nas bibliotecas da faculdade. Texto e fotografia por Tiago Cortez

O actual reitor, João Gabriel Silva, prosseguiu esta quarta-feira o ciclo de apresentação da candidatura a Reitor da Universidade de Coimbra (UC). Desta vez, o candidato reuniu-se na Faculdade de Letras da UC (FLUC) com cerca de 40 pessoas, a maioria docentes. O reitor voltou a referir a necessidade da UC se transformar numa “universidade global”. João Gabriel Silva aproveitou ainda o anfiteatro da FLUC para sublinhar a importância da língua portuguesa no futuro da universidade.

A sessão ficou marcada pelas questões levantadas pelos docentes. Carlos Reis, professor catedrático da FLUC, denunciou roubos de livros nas várias bibliotecas da faculdade, ao salientar que “está a acontecer uma situação criminosa”. O docente alertou o reitor que os furtos impedem o acesso à informação por parte dos docentes e ironizou, ao afirmar que “na FLUC é mais fácil escrever um livro do que consultá-lo”.

João Gabriel Silva admitiu não ter conhecimento do sucedido mas adiantou que a falta de pessoal pode estar por detrás desta situação, passando a palavra ao diretor da FLUC, José Pedro Paiva, que recusou fazer comentários.

Carlos Reis questionou ainda o reitor sobre “a carga administrativa brutal” imposta aos docentes. “A quantidade de regulamentos, formulários e pareceres que um professor tem de tratar torna impossível que se concentre no ensino ou na investigação”, disse Carlos Reis. João Gabriel Silva afirmou que “a burocracia é necessária para manter a qualidade da universidade e é uma forma de defesa da instituição” mas acrescentou que se vai proceder à contratação de pessoal técnico qualificado para aliviar a carga dos docentes. O professor do Departamento de Línguas, Literaturas e Culturas deixou também críticas à plataforma InforEstudante, que qualificou como “não amigável” para o utilizador.

Entre outras questões levantadas, foram debatidas as avaliações dos centros de investigação e a falta de docentes em alguns departamentos. Com a eleição para o cargo de Reitor da UC marcada para a próxima segunda-feira, dia 9, João Gabriel Silva estará amanhã no Pólo II, pelas 11 horas, no anfiteatro do Departamento de Engenharia Mecânica. No dia seguinte, o candidato no Pólo III, no anfiteatro Tomé Pires da Faculdade de Farmácia da UC, também às 11 horas.

João Gabriel Silva, reitor da UC, e José Pedro Paiva, diretor da FLUC

João Gabriel Silva, reitor da UC, e José Pedro Paiva, diretor da FLUC

Discussão

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: