Cultura

II Trovador traz tunas a Coimbra

Durante este fim-de-semana, a cidade vai acolher o II Trovador – Festival de Tunas Académicas da Cidade de Coimbra. Tunas do Porto, Guarda, Coimbra, Rio Maior e Évora vão partilhar música com centenas de espectadores. Por Phillipe Alexandre Baptista e Cristina Pinillla Carrasco

Uma serenata no Centro Cultural Dom Dinis marca o início do II Trovador. O Festival de Tunas Académicas da Cidade de Coimbra começa esta noite, pelas 21 horas, e termina no domingo, dia 8. Organizado pela tuna universitária FAN-Farra Académica de Coimbra, o evento pretende ser um convívio entre diferentes tunas académicas de todo o país.

O convívio tem como objetivo principal “realçar os laços de amizade ou criar novas relações com outras tunas”, segundo o presidente da FAN-Farra, João Figueiredo. Para isso, a tuna trabalhou todo o ano “para conseguir fazer o festival e dar as melhores condições aos que vêm cá”.

Os organizadores, com a intenção de acolher mais espectadores, mudaram o lugar do festival. No ano passado, os 400 lugares do Conservatório de Música de Coimbra esgotaram depressa. Com os 700 lugares do Teatro Académico Gil Vicente (TAGV), esperam que aconteça o mesmo. Além de oferecer mais espaço, “o TAGV fica muito mais perto das salas de ensaios, facilitando o transporte de instrumentos e os testes de som”, exemplifica João Figueiredo.

Comparado com a edição precedente, os bilhetes vão ser pagos. “Este ano, como o espaço é mais caro, tivemos de fazer pagar as entradas e para não pedir contributo ao grupo e manter-se vivo”, explica João Figueiredo. As receitas vão ficar com a tuna, “dado que é o primeiro ano com entradas pagas”, mas nos anos seguintes o destino das receitas pode ser alterado.

Em relação ao ano passado, “vamos ter uma noite de serenatas em espaços diferentes”, declara o presidente da FAN-Farra. No primeiro Trovador, a serenata “foi no café de Santa Cruz e agora vai ser no Centro Cultural Dom Dinis”.

Das cinco tunas presentes na edição de 2014, só se manteram as Mondeguinas. O cartaz deste ano conta com sete tunas de todo o país. Sobre o cartaz maioritariamente masculino, João Figueiredo comenta que “apenas estão a concurso tunas masculinas”, com o convite às Mondeguinas para “animarem a noite”.

img_0103

Fotografia: Catarina Carvalho

Discussão

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: