Uncategorized

“As Três Rainhas Magas”: o outro lado da história

Uma versão feminina da construção do presépio e da noite de Natal em cena na OMT, durante a quadra natalícia. Por Ana Miguel Regedor

O Teatrão apresenta o espetáculo “As Três Rainhas Magas”, uma interpretação contemporânea do texto de Renatta Patolini, que narra a história das esposas dos três reis magos. Nesta abordagem de um dos episódios mais importantes da história ocidental, as personagens principais, Redepente, Grimpa e Mecha são pessoas normais, de diferentes culturas, que abraçam a ‘Missão Estrela’ na qualidade de agentes secretas. A peça está em cena até 9 de janeiro, na Oficina Municipal do Teatro (OMT).

O espetáculo é uma reposição da adaptação feita em 2006 por Jorge Figueira, dramaturgo residente. No decurso da “Missão Estrela” as rainhas deparam-se com desafios. Uma vez que os seus maridos já levaram todas as prendas importantes, propõem-se a cozinhar a ceia natalícia, “para fazerem uma grande festarola”, conta a diretora artística d’O Teatrão, Isabel Craveiro.

A construção das personagens, feita principalmente pela pesquisa das atrizes e atores, também contou com a colaboração de jovens de diversas nacionalidades que participam do projeto pedagógico d’O Teatrão ‘Bando à Parte’.

No contexto dos acontecimentos que têm abalado o mundo, Isabel Craveiro sublinha que os seres humanos, independentemente das diferenças de género ou culturais, conseguem ter objectivos e projetos em comum, lançando a história das três rainhas magas como repto para o entendimento em que acredita.

Decorre ainda uma oficina de vídeo e de cozinha denominada de ‘Em dia de festa a barriga atesta!’, nos dias 5, 12 e 19 de dezembro às 16h30. Com o propósito de fazer ‘umas bolachas para enfeitar a árvore de Natal’, entre pais e filhos, avós e netos, trata-se de um espaço de ‘recolha de histórias familiares sobre, hábitos e rituais da ceia de Natal de cada família’, anota a diretora artística.

Isabel Craveiro comenta ainda que O Teatrão está neste momento a atravessar um período difícil no que diz respeito à situação financeira, sujeito à aprovação individual e por projeto de verbas da DG Artes.

As Tres Rainhas Magas3_Foto Carlos Gomes

Fotografia gentilmente cedida pel’O Teatrão

Discussão

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: