Ciência & Tecnologia

Museu da Ciência completa nove anos e celebra protocolo com o Brasil

Fundado pelo Marquês de Pombal em 1762, o museu sofreu uma restruturação para conseguir ser mais dinâmico. A transformação resultou em colaborações e prémios nacionais e internacionais. Por Fábio Lucindo e Philippe Alexandre Baptista

O Museu de Ciência de Coimbra, com 243 anos, festeja amanhã o seu nono ano de funcionamento sobre um novo formato organizacional que centraliza debaixo de uma mesma estrutura coleções de diferentes áreas científicas. Nas comemorações, vai ser sublinhada a aliança entre Portugal e o Brasil, com a assinatura de um protocolo entre a associação de pesquisadores e estudantes brasileiros e a Universidade de Coimbra (UC).

O formato atual do museu foi elaborado em 2006. Segundo as palavras da diretora do museu, Carlota Simões, ter “o museu de física, o de geologia e o museu de botânica tornava a situação insustentável”, o que motivou as modificações. A ideia então era “criar uma estrutura onde o visitante não tenha que fazer dez telefonemas se quiser visitar o espólio da universidade”, mas somente um.

O aniversário vai resgatar o período Iluminista e sobretudo a ligação entre estudantes brasileiros e a UC, através do protocolo, visto que “os brasileiros estão muito associados a este movimento em Coimbra”, segundo Carlota Simões. Acrescenta que “é sempre bom apresentar novidades, o aniversário é a data natural para se falar nisso”.

Nos últimos anos, o museu teve momentos mais fáceis que outros. Ganhou múltiplos prémios, como um “de arquitectura, prémios pelo serviço educativo, ganhou prémios pelo site e pela base de dados” como afirma a diretora. Mas também lembra momentos mais difíceis que aconteceram recentemente. O museu deixou de ser uma fundação, “por novas leis nacionais e a estrutura voltou à UC”, o que resultou numa grande carga de trabalho.

Para Carlota Simões, “é muito importante ganhar público e prémios, para mostrar que o museu continua vivo e a fazer coisas que interessam à comunidade”. Neste sentido, fala-se também de uma parceria com o Turismo da UC “para que o Museu da Ciência comece a receber aquele turista que vem em viagens organizadas. Vai aumentar muito o numero de visitantes, o que também é bom”. Neste momento, o museu tem cerca de 2000 visitas por mês.

A cerimónia começa amanhã às 15 horas no Museu da Ciência com a assinatura do protocolo e continua às 16 horas com uma visita a espaços do Iluminismo da UC.

IMG_2487

Fotografia: Fábio Lucindo

Discussão

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: