Desporto

Hóquei feminino da AAC vence primeira fase do Campeonato Nacional

Na primeira fase, a equipa não perdeu um único jogo e agora, com maior motivação, prepara-se para a segunda fase.  Jogar contra o Benfica não intimida as jogadoras. Por Carlos Almeida e João Pimentel

No último jogo da primeira fase do Campeonato Nacional Feminino de Hóquei em Patins, dia 7 de fevereiro, a Associação Académica de Coimbra (AAC) pôs o derradeiro ponto final com uma goleada de 8-0 à equipa Infante de Sagres. Esta conquista culmina com um pleno de dez vitórias incontestáveis em dez jogos, na última jornada da primeira fase do Campeonato.  Pedro Sacadura, vice-presidente da Secção de Patinagem da AAC, considera que “a qualidade das atletas tem vindo a melhorar de ano para ano, apoiada por uma equipa técnica e ‘staff’ diretivo estáveis”.

Pedro Sacadura afirma existir um “balanço extremamente positivo” desta primeira fase, em que “os resultados falam por si”. Considera ainda que a equipa está cada vez mais forte e que deve continuar a trilhar este caminho com um trabalho de igual ou maior intensidade. O vice-presidente, que também já acompanhou e colaborou com a equipa, afirma que a “visibilidade ainda não é a merecida”, mas que “muitas pessoas já sabem que há uma equipa feminina de hóquei em patins que dá cartas”. Apesar disto, o apoio financeiro à equipa ainda é, segundo o vice-presidente, pequeno e um dos objetivos é “arranjar boas empresas que sustentem mais as participações nas competições”. Em relação à equipa masculina, o vice-presidente não quis fazer nenhuma comparação, pois “a competitividade e variedade de equipas masculinas é mais elevada do que nas femininas”. Ainda assim, Pedro Sacadura sublinha que a equipa feminina está entre as dez melhores da Europa.

A equipa prepara-se agora para a segunda fase do campeonato que começa dia 20 de fevereiro. Nesta segunda fase, o sistema de divisão de regiões termina. Assim, no jogo inaugural a AAC joga contra o Benfica, campeão da Zona Sul e campeão nacional e europeu em título.  “Queremos ver se este ano conseguimos retirar o título ao Benfica”, afirma Pedro Sacadura. “A motivação tem sido sempre a mesma, ganhar”, declara, e, portanto, a AAC não se sente de qualquer forma inferiorizada por jogar contra o Benfica. No ano passado acabaram empatados no primeiro lugar, porém o Benfica, que tinha um maior diferencial de golos marcados, sagrou-se campeão. Nesta segunda fase, a possibilidade de não ganhar o título não está nas opções da equipa.

DSC_1861

Fotografia gentilmente cedida pela Secção de Patinagem da AAC

Discussão

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: