Cultura

Prazo para o concurso do Cartaz da Queima das Fitas termina a 25 de fevereiro

Os resultados serão divulgados até dia 29 deste mês e o vencedor receberá um prémio monetário no valor de 500 euros. Por Alexandre Gouveia e Rita Portugal

O concurso do Cartaz Oficial da Queima das Fitas 2016 está a decorrer desde 25 de janeiro. A escolha do trabalho vencedor vai ser feita sem conhecimento da identidade do autor e vai ser avaliada por um júri designado para o efeito.

A comissão organizadora da Queima das Fitas promove todos os anos este concurso. O secretário geral da Queima das Fitas, Luís Lobo sublinha que “qualquer pessoa pode participar no concurso, não é obrigatório ser estudante”. No cartaz são elementos obrigatórios as cores das faculdades, alguns dizeres relativos à festa académica e motivos alusivos à Universidade de Coimbra e à sua Praxe, como consta do regulamento. Não podem, contudo, estar presentes elementos contrários à Praxe e à tradição académica de Coimbra.

O secretário geral da Queima das Fitas pretende ver “algo original ligado a Coimbra”, e realça que o objetivo principal deste cartaz é “promover uma reaproximação à cidade” para que, à primeira vista, se consiga associá-lo à população.

O júri vai ser composto por representantes da Associação de Antigos Estudantes de Coimbra, do Conselho de Veteranos, da Direção-Geral da Associação Académica de Coimbra e por um artista plástico.

Na inexistência de um cartaz vencedor, a comissão organizadora recolhe as propostas de anos anteriores e entra em contacto com o autor do trabalho escolhido. O prazo de receção dos trabalhos termina a 25 de fevereiro. Luís Lobo confessa que “gostava de ver muitas propostas, o que seria bom sinal”.

IMG_9348.JPG

Fotografia: Rita Portugal

Discussão

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: