Cultura

TFMUC traz tunas femininas portuguesas à cidade dos estudantes

VI Panaceia reúne tunas de vários pontos do país para dar a conhecer Coimbra, bem como promover o valor das tunas femininas. Por Cristina Pinilla Carrasco e Rita Vilarinho Marques

A Tuna Feminina de Medicina da Universidade de Coimbra (TFMUC) organiza, pelo sexto ano consecutivo, o seu festival de tunas femininas, Panaceia. O evento conta com dois dias de espetáculo, distribuídos por diferentes espaços.

O Colégio de São Jerónimo dá lugar hoje, pelas 21h30, a uma noite de serenatas. O evento conta com a participação da TFEP (Tuna Feminina de Economia do Porto, C’a Tuna aos Saltos (Tuna Médica Feminina da Universidade da Beira Interior), Levadas da Broca (Tuna Feminina da Faculdade de Medicina Dentária do Porto) e As FANS (Tuna Feminina da Universidade de Coimbra). Segundo a presidente da TFMUC, Adriana Quitério, “como convidadas temos a Tuna de Medicina de Málaga, que já nos acompanha há cinco anos, e o Grupo de Fado ‘Mensagem’ da Secção de Fado da Associação Académica de Coimbra”.

Adriana Quitério refere que no sábado vão ter lugar “várias atividades ao longo do dia, como passa-casa e uma arruada pelas ruas de Coimbra”. O evento continua com a noite de espetáculos no Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV), pelas 21h. Para além das quatro tunas a concurso, vão estar presentes a Imperial TAFFUC (Tuna Académica da Faculdade de Farmácia) e a Big Band Rags, grupo pertencente à Tuna Académica da Universidade de Coimbra (TAUC). Ao contrário dos anos anteriores, a presidente da TFMUC esclarece que os “padrinhos, a Tuna de Medicina da Universidade de Coimbra [TMUC], não vão estar presentes”.

Para Adriana Quitério, o festival não só é importante para a tuna organizar um evento desta dimensão, mas também “para trazer tunas de todo o país, para dar mais valor às tunas femininas e à nossa cidade por todo o país”. Acrescenta ainda que espera que as tunas “tragam algo diferente para o festival, pois isso altera muito a dinâmica do evento e faz com que as expectativas sejam bastante altas”.

Ao longo dos anos, a presidente da TFMUC salienta que “as outras tunas do país já não conhecem o evento pela sua entidade organizadora, mas simplesmente por Panaceia, o que nos deixa bastante orgulhosas”. As receitas angariadas pelo festival vão servir para “cobrir os custos do evento e para ajudar a adquirir instrumentos e outras despesas que ocorrem ao longo do ano”, conclui.

tfmuc

Fotografia: Arquivo

Discussão

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: