Ensino Superior

IX ENEBIOQ promove conhecimento para além do laboratório

Estudantes de Bioquímica de todo o país encontram-se em Coimbra para desenvolver competências e expandir horizontes para além da sala de aula. Por Rita Flores

“Ensaia a tua mente”. Não no sentido de procurar um guia, mas numa componente de laboratório que “possa ser conduzida diariamente sem travão nem acelerador”. É esta a explicação que Presidente do Núcleo de Estudantes de Bioquímica da Associação Académica de Coimbra (NEBIOQ/AAC), António Gomes, dá ao lema escolhido para o IX Encontro Nacional de Estudantes de Bioquímica (ENEBIOQ), a decorrer de 18 a 21 de março no Auditório da Reitoria da Universidade de Coimbra.

O encontro é organizado pelo NEBIOQ/AAC, em colaboração com os restantes núcleos de estudantes do país, a Associação Nacional de Bioquímicos e a Sociedade Portuguesa de Bioquímica. Esta parceria procura “dar aos estudantes uma perspetiva dinâmica de que não basta deixar as coisas passar e ver acontecer”, como afirma António Gomes.

Com 400 inscritos, o evento procura trazer “palestrantes que abranjam tanto regiões como áreas científicas”, entre os quais se destacam Valdemar Máximo, orador da temática de Oncobiologia e Pedro Beltrão, profissional de Bioinformática. Contudo, e apesar do elevado número de participantes, a organização teve já de cancelar o concurso de posters científicos devido à “fraca adesão dos participantes”, como esclarece o presidente do NEBIOQ/AAC.

O programa conta ainda com a realização de um debate com a temática “Ética na Ciência”, que procura promover a interação direta entre os estudantes, os professores e a comunidade científica. Como refere António Gomes, o evento procura “fazer os estudantes ver para além do que é exigido pelo plano de estudos e conseguirem até criticar os mesmos”.

Para além das atividades relacionadas com os estudos académicos, a organização do encontro procura dar a conhecer a cidade e promover o convívio entre os estudantes, através da realização de torneios de futebol, jogos de destreza mental e outros. O presidente do NEBIOQ/AAC conclui que a organização do evento procura ser capaz de dar aos estudantes as “ferramentas necessárias para perceber que para a prática da Bioquímica é preciso muito mais do que somente memorizar matérias e mecanizar protocolos”.

IMG_9638Fotografia: Rita Flores

Discussão

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: