Ensino Superior

LITOCAR assina protocolo com COQF’16

O valor do contrato entre as duas entidades ainda não é conhecido. Queima das Fitas é forma de atrair clientes mais jovens ao produtor automóvel. Por Pedro Silva e Rita Espassandim

Captur é o modelo da francesa Renault escolhido para representar a marca no evento académico que vai decorrer em maio deste ano. A Comissão Organizadora da Queima das Fitas de 2016 (COQF’16) faz pela quarta vez, terceira consecutiva, ligação com a LITOCAR. A empresa do setor automóvel, com sede em Coimbra, vai ceder uma frota de veículos para utilização da comissão durante o evento.

O secretário geral da COQF’16, Luís Lobo, realça a importância da ajuda que este protocolo fornece às “deslocações na cidade ou pelo país, como na própria organização do trabalho diário”. Por sua vez, João Cardoso, administrador da LITOCAR, complementa esta ideia ao afirmar que “são uns milhares” os quilómetros feitos pela COQF todos os anos.

O administrador refere que o objetivo principal desta parceria é “ajudar a Associação Académica de Coimbra”. No entanto, a empresa também beneficia com este protocolo no que diz respeito à publicidade e na garantia de convites fornecidos pela COQF’16 para alguns dos seus clientes.

A esta meta está também associado o lançamento da nova geração da família Clio, que, com o próprio lançamento do modelo Twingo, está a tentar atingir outro tipo de população-alvo: os jovens. Assim, a marca já aparece “no radar das opções de escolha quando no passado não era tão evidente”, declara João Cardoso.

Nos últimos anos, a Renault deixou “envelhecer um pouco os seus clientes”, afirma o responsável da LITOCAR. Assim, a Queima das Fitas é mais uma forma de atrair clientes jovens, de modo a conseguir um “rejuvenescer desse mesmo ‘target’”.

A LITOCAR ainda não tem valor contabilizado para o investimento deste ano. Porém, João Cardoso prevê que o montante para 2016 não difira muito do valor do ano transato: seis mil euros.

IMG_9943

Fotografia: Pedro Silva

Agradecimentos: Rádio Universidade de Coimbra

Discussão

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: