Ensino Superior

ENERI 2016 promove discussão das RI na atualidade

Organização do evento pretende dar a conhecer aos participantes cenários de trabalho para além dos estudos. Programa conta com parcerias locais e pretende mostrar a estudantes de todo o país o que Coimbra tem para oferecer. Por Cristina Pinilla Carrasco e Margarida Mota

O Núcleo de Estudantes de Relações Internacionais da Faculdade de Economia (NERIFE) da Universidade de Coimbra assume-se como o promotor da edição de 2016 do Encontro Nacional de Estudantes de Relações Internacionais (ENERI). O evento, a decorrer na Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra (FEUC) entre 15 e 17 de abril, conta com a realização de debates, conferências e convívios.

De acordo com o presidente do NERIFE/AAC, Diogo Videira, trata-se do “maior encontro nacional até a data, que conta com cerca de 250 participantes”. Decorridos cinco anos desde o surgimento da ideia e três edições passadas na mesma cidade, Diogo Videira afirma que, após reuniões com os núcleos homónimos das universidades portuguesas, “uma equipa forte poderia avançar com um projeto a nível nacional, trazendo estudantes de Relações Internacionais (RI) de todo o país a Coimbra”.

O evento, com início marcado para amanhã, 15, vai contar com a presença da euro-deputada Marisa Matias, oradora na conferência “Refugiados: responsabilidades, previsões e soluções”. O ex-presidente do CDS-PP, Paulo Portas, e professores da FEUC, José Manuel Pureza e Daniel Pinéu, são mais alguns dos convidados para a iniciativa.

O presidente do NERIFE/AAC refere que o objetivo deste evento prende-se com proporcionar aos estudantes vivencias de “situações em que habitualmente acabam a trabalhar um dia”. Para além disso, não deixa de realçar a componente social e educativa. “É importante criar uma estrutura em Relações Internacionais, em que os estudantes possam conviver, aprender mais e ter perspectivas diferentes daquelas a que estão habituados”, afirma.

A promoção da cultura de Coimbra não é posta de parte por Diogo Videira. “Pretendemos dar a conhecer tanto a parte cultural da cidade, como o comércio local, onde temos vários patrocinadores”, realça. O presidente do NERIFE/AAC espera ainda “tentar envolver ao máximo a comunidade, de modo a dar a conhecer a qualidade de Coimbra para viver e estudar”, conclui.

FEUC-00

Fotografia: D.R.

Discussão

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: