Cultura

Cartaz de bandas da Queima das Fitas apresentado na AAC

A aposta em artistas portugueses é ponto fulcral deste ano. O evento pode vir a contar com a criação de um bilhete especial para ex-estudantes. Por Flávia Alves e Rita Fonseca

Linda Martini, C4 Pedro e Dealema foram alguns dos novos nomes desvendados esta quarta-feira, na apresentação do cartaz de bandas do evento académico. O comissário da Produção da Comissão Organizadora da Queima das Fitas 2016 (COQF’16), Rui Alves, revelou um cartaz variado, que “vai desde o ‘rock’ português à música alternativa”. Em nome da comissão, afirma ter feito “uma escolha o mais eclética possível” para esta edição.

Para além dos nomes apresentados, Gabriel, o Pensador, AGIR e Valete são outros dos destaques num cartaz que tem como ponto fulcral a música portuguesa. O evento conta ainda com a presença de grupos académicos que “transmitem o espírito e cultura coimbrã”, explica Rui Alves. Dia 13 é um dia “virado diretamente para a cidade” em que se pode contar com “dois concertos inesquecíveis de António Zambujo e Miguel Araújo”, realça o comissário da produção da COQF’16.

Os preços, quando comparados com anos anteriores, não sofreram qualquer tipo de alterações. O tesoureiro da COQF’16 Rúben Fernandes, , esclarece que “o bilhete geral do parque mantem-se a 49 euros e o bilhete geral, que engloba para além das noites no parque, a entrada na garraiada e o chá dançante, mantem-se a 55 euros”. Da parte da organização fica ainda o apelo para que os estudantes “não deixem tudo para a última” e comprem com antecipação os bilhetes gerais.

Em relação aos bilhetes pontuais, o preço vai variar entre entre os 5 e os 10 euros, para estudantes, e os 8 e os 15 euros, para os não estudantes. Rúben Fernandes afirma que tiveram em conta “as dificuldades económicas do país e a crise por que se está a passar”. Este ano pode vir a contar com uma possível novidade, a criação de um bilhete geral especial para ex-estudantes da universidade de Coimbra “para que eles não percam a ligação com a queima das fitas” acrescenta Rúben Fernandes.

O presidente da Rádio Universidade de Coimbra (RUC), Guilherme Queiroz, também presente no evento, recorda que este é “o sétimo ano consecutivo” que o palco RUC tem presença no recinto da Queima das Fitas, “uma alternativa ao palco principal”. O cartaz completo vai ser apresentado amanhã, pelas 18 horas, numa “estratégia experimental que consiste numa espécie de caça ao palco por toda a cidade”, em que os nomes vão ser divulgados nas diversas plataformas existentes, “numa simbiose entre o rádio, a divulgação online e a divulgação física”.

IMG_0223.JPG

Fotografia: Rita Fonseca

Discussão

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: