Ensino Superior

Estudantes de Medicina promovem doação de cabelo para perucas oncológicas

NEM/AAC pretende entregar uma peruca por ano a uma criança vítima de doença oncológica. Empresa portuguesa e instituição britânica procuram incrementar a solidariedade nos estudantes. Por Rita Flores

“Ma-deixas Feliz”, um projeto organizado pelo NEM/AAC com o intuito de doar cabelo para fazer perucas oncológicas a crianças vítimas de cancro, é a nova iniciativa do Departamento de Direitos Humanos e Paz do Núcleo de Estudantes de Medicina da Associação Académica de Coimbra (NEM/AAC). O ponto de recolha situa-se no atendimento do NEM/AAC, no Pólo das Ciências da Saúde da Universidade de Coimbra.

“Facilitar para que toda a gente possa ajudar” é um dos objetivos do projeto, como afirma a coordenadora do departamento, Maria Vale. As doações de cabelo feitas devem ser entregues bem lavadas e secas, na forma de uma ou mais tranças e, no mínimo, com 17 cm de comprimento.

A empresa Zélia Teixeira, em articulação com o NEM/AAC, é a “responsável pela recolha e tratamento do cabelo para a peruca”. As doações são enviadas para a instituição britânica Little Princess Trust, que “faz perucas oncológicas para crianças”. Maria Vale clarifica que “a ideia é o projeto ser anual” em que o compromisso final entre as duas entidades é o de oferecer uma peruca a uma criança. A instituição vai fazer chegar a cada dador um certificado de modo garantir “que recebeu o cabelo”, esclarece a coordenadora do departamento.

Numa discussão de âmbito nacional, a coordenadora do departamento afirma que “neste momento, o Instituto Português de Oncologia de Lisboa e do Porto não estão a aceitar porque o custo deste tratamento é elevado”. Maria Vale apresenta as iniciativas de solidariedade como um modo de “tornar os estudantes mais humanitários”.

O NEM/AAC vai ainda organizar, no próximo dia 5 de maio, o “Dia do Nariz Vermelho”, no qual se vai proceder à venda de t-shirts e cujo valor total das vendas “reverte para a Operação Nariz Vermelho”.

IMG_0266

Fotografia: João Ruivo

Discussão

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: