Cultura

Secção Filatélica marca presença em exposição luso-brasileira da modalidade

Exibição de coleções de selos pretende divulgar a atividade e comemorar a amizade entre as duas culturas lusófonas. Por Rita Portugal

A Secção Filatélica da Associação Académica de Coimbra (SFAAC) vai marcar presença na XXII LUBRAPEX, uma mostra luso-brasileira de selos, que decorre entre hoje e 1 de maio em Viana do Castelo. Este evento, que ocorre de forma alternada entre Portugal e o Brasil, comemora este ano 50 anos de existência.

A importância das exposições filatélicas passa, segundo Nuno Cardoso, membro da direção da SFAAC, por “divulgar a modalidade e a troca de experiências entre os coleccionadores”. As expectativas são grandes para aquele que Nuno Cardoso considera ser o “evento internacional de mais alta categoria a nível da filatelia” Para o membro da direcção, esta exibição pretende, em particular, “comemorar a amizade luso-brasileira, que se reflecte também em termos filatélicos”.

Nuno Cardoso confessa que, como coleccionador, “aquilo que leva de uma exposição desta envergadura são os conhecimentos adquiridos ao contemplar as colecções de outras pessoas”. Na exposição podem encontrar-se peças como uma das 150 cartas que sobreviveram à explosão do dirigível “Hindenburg”, em 1937, ou mesmo cartas que circularam no século XII em Veneza.

A SFAAC está, de momento, a trabalhar na edição de um livro e de uma revista no âmbito da Queima das Fitas de Coimbra.

filatelia

Fotografia: Arquivo

Discussão

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: