Cultura

“Meca” dos artistas do século XX exposta em coleção fotográfica

Oitava edição do Festival das Artes apresenta exposição de fotografia de Rita Barros, com retratos de artistas de renome e de edifício histórico que os recebia. Texto e fotografia por João Ruivo

Chama-se Chelsea Hotel. Foi a “casa das artes americanas e um núcleo para os artistas do resto do mundo”. Assim a descreve o curador da exposição, Jorge Calado, inaugurada hoje no Edifício Chiado, em Coimbra.

Aquando do convite para participar no evento com o tema “Pioneiros”, Jorge Calado afiança que foi nesta exposição que de imediato pensou. “É um trabalho que há décadas admiro muito”, afirma. É um local onde a fotógrafa Rita Barros, cujo trabalho se encontra exposto, “vive há mais de trinta anos e onde conheceu e fotografou artistas como Arthur Miller, Andy Warhol, Woody Allen e Dee Dee Ramone”.

O edifício em questão foi construído na década de 80 do século XX e à data era o maior de Nova Iorque. Vários músicos e escritores viveram ou eram habituais residentes do Chelsea Hotel. Foi neste prédio que a artista Rita Barros se instalou, no mesmo apartamento onde Arthur C. Clark escreveu o guião do filme “2001: Odisseia no Espaço” e desenvolveu também o seu trabalho fotográfico.

Rita Barros defende que, “por ser uma lógica de 25 anos, há um trabalho que começa com retratos e depois há uma progressão”. A fotógrafa argumenta que a sua obra “passa a explorar o espaço onde vive de várias maneiras, do lado interior mas também do exterior.”

Jorge Calado explica ainda que “o trabalho exposto é centrado sobre o meio onde vive, uma vez que começa a fotografar amigos e vizinhos nos seus meios”. Desta forma, cria-se um ambiente “muito pessoal e único, tornando-se universal.”

Foi neste espaço que o curador da exposição diz ter encontrado a “riqueza da vida, não só boémia mas em todas as suas valências”. Jorge Calado não deixa de referir que foi esta a razão que o levou a desafiar a fotógrafa a participar no evento.

O Festival das Artes prossegue esta quarta-feira com uma exposição e visita comentada d’“O Tesouro da Rainha Santa Isabel”, no Museu Nacional Machado de Castro.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Discussão

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: